quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Minhas coisas...coisas minhas....


Eu paro para olhar o vôo das gaivotas.
Eu fico admirando a formação do "V" no céu.Elas somem entre os prédios.
Eu percebo cada olhar...que reflete a alma calada.
Eu procuro a borboleta azul,entre as matas do meu caminho.
Respiro o verde e alimento meus pulmões.
Recebo o sol de plexo aberto,aqueço meus pensamentos e logo eles florescem em cores.
Eu sou o sol...sou eu que brilho.
Reparo as folhas secas no chão,que mudam de lugar raspando o solo.
Sinto a brisa suave...e de olhos fechados saio de mim.
O vento que sopra balança as árvores.Seus galhos se transformam em braços que se movimentam e consigo ver seu sorriso.
Nas suas raízes,percorre o sangue que torna a vida possível.
Elas ascenam um adeus tímido e eu pisco meus olhos.
Minhas flores são vermelhas,laranja e brancas.
São delas meu primeiro "Bom dia".
Elas me respondem com sua beleza e vivacidade.
São tão lindas...são tão calmas.
Posso sentir seu respirar com a pureza do amanhecer.
E agora é você que toma conta dos meus pensamentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário