domingo, 21 de março de 2010

Quando te olho sinto coisas que não sei explicar.
Paro para pensar e busco um porque.
Não, prefiro não saber..sonho apenas com você.
Lembranças que jamais se apagarão
Sonhos que nunca forão em vão.
Minha alma aquieta,e isso basta.
Nada além de contemplar,num simples gesto...
Uma bela forma de se amar.
Sentir sem conseguir provar.
Sem entregar,sem permitir
Guardei sem ter porque
ou por razão
ou coisa outra qualquer.
Do piscar dos cilhos,do silêncio no luar.
Do sorriso que ilumina a qualquer mulher.
Meu coração Sorriu!
Te reconheceu..e de saudade bateu.
Guardarei pra sempre o calor de seu abraço.
Levarei comigo por toda minha vida.
Esse grande amor que não deixou ferida.

Um comentário: