terça-feira, 7 de julho de 2009

PELO CAMINHO...


Caminho pela rua escura e normalmente deserta,preparo-me pra provavelmente mais uma viagem longa mas muito proveitosa.É certo que tudo depende da maneira como meus olhos verão certos acontecimentos... lá está ela,dessa vez parecendo um amontoado de coisas dentro de um saco grande jogado ao chão.Seus lábios são manchados e grandes,inchados...avermelhados.Com um olho aberto e outro acordando,levanta seu pescoço e não diz nada...ou melhor,resmunga algo indecifrável.Volta a cabeça ao chão áspero e duro sem nehum apoio ou proteção.Atenta ora a ela,ora a chegada da condução me pergunto como foi parar ali.Que vida levou?que escolhas foram feitas?Ou simplesmente não tevê-as.Sua garganta pede algo...e é dentro de um potinho de "danoninho"que se encontra algum resto de líquido,a ponta machuca seus lábios machucados e resmunga mais uma vez...Enfim seu olhar cruza o meu e bem desconfiada me admira...ficamos nos olhando por um bom tempo...segundos com ar de horas...e sem saber bem o porque.Era hora de partir e o que pude deixar daquela breve,porém intensa contemplação foi meu sorriso....sim,ela sorri também.Seus olhos abrem e brilham,sua feição muda...irradia vida!
Vida que não lhe cabe mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário